JEWS DID A BLOG!

  • 10:03:17 pm on abril 27, 2010 | 4

    Eram mais ou menos 18:40, eu estava sentado à beira da quadra do clube da minha cidade, encostado numa grade e observando aquele bando de marmanjo suado, quando um texto começou a se materializar na minha cabeça. Óbvio que eu não lembro das palavras exatas, mas seu tema principal era bem sugestivo para um post. 1 segundo depois, eu lembrei que não tinha onde compartilhar aquilo. Twitter era inválido porque né, 140 caracteres. 1,5 segundo depois, eu lembrei desse excelentíssimo blog que foi deixado de lado por alguns meses devido ao dia-a-dia concorrido de seus co-proprietários e a falta de remuneração.

    Enfim.

    Eu odeio aula de educação física.

    Odeio.

    [/juca kfouri]

    Educação física é uma droga por diversos motivos. Eu pensei em enumerá-los aqui, mas vou discorrer porque acho que vai ficar mais maneiro.

    O primeiro motivo de eu odiar educação física, é porque ela é obrigatória. Ok, se não fosse estaríamos cheios de crianças obesas nas ruas, mas eu não seria uma delas. Tipo que quando eu mais gostava de educação física eu era gordo e desde que eu passei a odiar eu sou magro. Ou seja.

    "Educação física é superestimada" - TALHÃO, Jo

    Eu gostava de educação física até a 6ª série, porque era queimada, pega-pega, cabo de guerra, enfim, essas merdas que não tem nas Olimpíadas. Aí, de repente, virou futebol. Eu gosto de futebol. Assisto futebol e tal. Mas eu descobri que eu não gosto de jogar futebol.

    Quando eu tinha essa idade aí eu gostava de jogar futebol

    Jogar futebol passa a ser um negócio muito chato quando você é desses (tipo eu ok tipo eu) que são escolhidos por último. Eu não ligo de ser escolhido por último, mas sempre tem aquele otário que acha que você é inferior porque foi escolhido por último. Se isso fosse verdade, meua migo, o Pelé seria o rei do mundo (cruz credo).

    Enfim, eles ficam te escrotizando e  torrando sua paciência a aula inteira, até que a pressão psicológica em cima de você é tão grande que você perde um gol fácil, deixando seus companheiros de time absolutamente irados.

    Cho Seung-Hui: "sempre era escolhido por último na aula de educação física"

    Esses otários me levam a mais um motivo do meu ódio pelas aulas de educação física. Os coleguinhas.

    Segundo o Aurélio, “educação física-fag” é aquele desocupado que, cansado de bater na mãe e assistir ao programa do Gugu, adora quando tem educação física. Daí chega lá com aquele monte de apetrecho brega de jogador profissional, tipo chuteira laranja e roxa (com cravos e tudo), faixinha na cabeça, munhequeira, esparadrapos espalhados pelo corpo, etc. Losers.

    Aí esses caras ficam lá se achando OS FODÃO e te zoando por qualquer motivo que eles encontrarem.

    Eis que surgem as putinhas dos otários. São aqueles caras que já foram – ou ainda são – zoados pelos otários, mas eram – ou são – mais otários ainda de se importarem com isso, e portanto tentam se misturar com os otários.

    É o tipo de pessoa que não pode ver uma rodinha de conversa dos otários que já fica nas proximidades, esperando a menor brecha para soltar uma risada TOTALMENTE FORÇADA, tentando fazer amizade. Amigo, parô né.

    Por fim, existe aquela virilidade exagerada. Tipo, o cara, que já está refletindo a lua em seu abdômen de tão suado e oleoso que está, faz um gol. O que ele faz? Toma um banho Vai comemorar com seus outros amiguinhos igualmente suados. Todos gritando primitivamente e dividindo seus fluidos corporais como se não houvesse amanhã. E se você não participar desse comemoração de fazer inveja a um Homo Habilis, você é um baitola.

    "É nóis irmãããããããããão!"

    Outro exemplo: barreiras. Quando tem uma falta perto da área, eu saio correndo pra marcar alguém e não ter que ficar na barreira. “HAHAH olha lá, que bicha, tem medo até de tomar bolada”. Heh, acho que eu poderia passar o dia sem ser atingido por um objeto redondo a sei lá quantos quilômetros por hora e 3 metros de distância. Se levar bolada fosse um exercício de bravura, no Exército o superior colocaria seus subalternos em fileira e saía mandando bicuda nas costas. QUEM RECLAMAR DORME LÁ FORA.

    Enfim. Tô no segundo ano do Ensino Médio, estudando pra prestar vestibular. Jornalismo, pra ser mais exato. Quando me perguntam o por quê do meu desejo de querer ser um jornalista (esportivo), eu digo que é uma forma de viver o ambiente fodão dos esportes sem precisar praticá-los. Otários e putinhas dos otários sempre existirão, faz parte, mas acho que de alguma coisa aí eu ainda consigo me livrar. :D (meus smiles não têm nariz. É uma das minhas regras de vida)

    PS: Esse texto não tem muito a ver com a temática do blog, mas queria compartilhar esses pensamentos com vocês e não existe outro lugar onde possa fazê-lo e ser lido por mais de, sei lá, 6 pessoas.

    PPS: Nada contra quem detesta esportes. Eu, volto a dizer, adoro. Odeio a-u-l-a d-e e-d-u-c-a-ç-ã-o f-í-s-i-c-a.

    PSS: Comentem, compartilhem suas ideias com o  JDaB. Você se identifica com o texto? Você é um dos otários? Peraí, você é uma das putinhas dos otários?

    PPPS: Não abandone o JDaB!

     

Comments

  • Brno 10:26 pm on abril 27, 2010 | # | Responder

    “Trocando seus fluidos corporais” WUT?

  • lordmanshoon 12:00 am on maio 3, 2010 | # | Responder

    Eu gostava da aula de educação física porque não tinha absolutamente nenhuma obrigação nela. Além da obrigatoriedade da aula. Gostava disso e do recreio/intervalo somente. De resto, eu passava tudo. Mas concordo com sua análise das aulas e assino embaixo. É uma reprodução fiel do que acontece.

  • Mr Mouse 5:35 pm on junho 25, 2010 | # | Responder

    VOLTEM A ESCREVER SEUS PUTO

  • pedro 11:52 pm on maio 25, 2014 | # | Responder

    Concordo plenamente ed física é uma merda essa porra de professor vem só pr infernizar minha vida e os aluninhos viados ficam puxando o saco daquele velho barbudo odeio fazer aquela merda de aula já tentei conversar com ele mas n ele é um fdp mesm ótimo blog
    um dia eu vou encontrar argumentos suficientes para acabar com essa coisa e vai ser um prazer tirar o emprego de “professor” de educação fisica.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: